sábado, 22 de outubro de 2011

Julgamento pra Murray, tortura para nós...

Eu sei. Eu prometi acomapanhar o julgamento aqui no blog. Eu tentei, mas não deu.

Quando abri o google à procura de notícias sobre este assunto me aparece aquela foto (vocês sabem de qual foto estou falando, né?). Eu caí no choro. Não podiam tê-lo exposto dessa maneira! Eu não queria ver seu corpo inerte.

Quando minha mãe faleceu, fui buscada em casa por um primo e praticamente forçada a ir à capelta mortuária. Assim que eu desci do carro, com as pernas bambas, apoiada por meu primo de um lado e por uma amiga do outro, uma tia minha veio e me arrastou pelo braço pra perto do caixão me obrigando a ver o que eu não queria: o corpo morto da minha mãe (cuja data de aniversário era a mesma do Michael: 29 de agosto!). Demorei ali dois segundos e pedi que me levassem pra casa. Queria manter na minha mente a imagem da minha mãe andando, falando, sorrindo, VIVENDO...

Com um ídolo como o Michael, acaba acontecendo a mesma coisa! Eu queria lembrar dele vivinho, cantando, dançando... Fiquei satisfeita na época do enterro quando não mostraram o caixão aberto. Não quiseram expô-lo na época.

Tudo bem que agora foi necessário, mas EU NÃO QUERIA VER!

Já senti isso com relação a um outro ídolo meu, também muito querido: John Lennon. Uma foto dele morto foi mostrada na internet e acabei vendo-a. Mas ele já tinha falecido há muito tempo, quando eu era muito criança e ainda não era sua fã. Mesmo assim foi doloroso pra mim! Imagina então o Michael, um ídolo que acompanhei desde que eu era criança!

Ver essa foto abriu feridas que eu vinha tentando cicatrizar através de fugas, artifícios e ocupando ao máximo meu tempo com outras coisas. Além de abrir a ferida, ainda meteu o dedão nela! Está doendo tanto que todos os dias venho, leio as notícias no google e na hora de postar aqui, desabo e corro pra minha cama choramingando.

De um ano pra cá, todos esses adiamentos do julgamento tem sido pra mim uma tortura! Imagino que tenha sido assim pra todos os verdadeiros fãs, e ainda mais pra sua família e amigos, que o conheceram de perto.

Eu venho enfrentando vários problemas pessoais e também com a minha internet, que está "flutuante" (vem e vai), e agora soma-se a isso a lentidão do meu pc cheio de viruse eu sem grana pra arrumar o estrago...

Quando venho aqui e consigo entrar na internet, quero ter momentos de alegria, de diversão, de "refresco". Mas infelizmente, procurar notícias sobre o Michael virou uma tortura porque além do julgamento, tem sempre as mentiras e calúnias que o perseguiram em vida e continuam agora perseguindo-o após sua partida.

Finalmente o jugalmento está acontecendo e acredito que depois disso tudo, conseguiremos respirar. Falando por mim agora: eu conseguirei respirar e voltar a ter prazer em blogar aqui, em falar o nome do Michael sem sentir um aperto terrível no coração.

Eu acho que Murray não escapa dessa vez. Espero por isso. Torço e rezo por isso.

Aqui embaixo no site, tem uma barra do google onde é possível acompanhar o julgamento. Tem o blog "Michael Jackson Planet" onde nossa querida Julia dá notícias sobre o assunto...

Eu voltarei quando o julgamento terminar pra comemorar ou me revoltar junto com vocês e virar de vez essa página tornando esse blog aquilo que eu sempre quis que ele fosse: um blog leve, alegre pra mantermos viva a memória e a arte do nosso amado Michael.

A mídia sensasionalista, os blogs de fofocas, os invejosos e caluniadores no entando me obrigavam a ficar desmentindo, rebatendo e defendendo o nome de Michael. Isso é desgastante pra uma pessoa que luta contra depressão como eu. Tive mesmo que me afastar, pro meu próprio bem. Eu estava literalmente adoecendo.

Algumas pessoas podem pensar: "que absurdo, adoecer por causa de um ídolo que já morreu e que nunca soube que você existe!". Ok. Mas só quem é fã pode me entender. E tenho certeza de que a maioria das pessoas que lerem isso aqui, são tão fãs quanto eu e portanto, são capazes de entender muito bem o que estou sentindo.

Sinto que aqui posso falar, compartilhar sentimentos e emoções, desabafar... Tudo isso sem ser julgada, sem ser criticada ou ter que ouvir piadinhas...

Agradeço mais uma vez a cada um(a) de vocês aqui... Por me "ouvirem" e pela compreensão e paciência de vocês.

Pensamento positivo, galera! Dessa vez, se DEUS quiser, o doutorzinho de araque vai ver o sol nascer quadrado. E esse blog vai ser livre, leve e solto!

MICHAEL JACKSON FOREVER!

5 comentários:

  1. Você esta certa minha querida, esse julgamento esta sendo uma tortura pra todos os fãs como eu e você. Também chorei muito quando vi aquela foto porque ate entao so tinha em mente o lindo sorriso dele. Senti como setivessem a arrancado meu chão. Mais agora eu já estou melhor é assim como você torcendo para a condenação do "dr." Murry para que seu blog se torne um lugar de homenagens a Michael. Um beijo e força pra todos nós.

    ResponderExcluir
  2. QUER TER E VER FOTOS DO MIKE DIFERENTES DA Q VC ESTÁ ACUSTUMADO A VER?
    ENTÃO PARA ISSO VC PRECISA COMENTAR E LER ESTÁ POSTAGEM: http://nairadaherrocketmailcom-naira.blogspot.com/2011/10/unhas-estilo-michael-jackson.html OBRIGADA AMR!

    ResponderExcluir
  3. Aquela foto ñ deveria existir, era pra ele estar aqui conosco...
    Mas doutorzinho ñ vai se safar dessa.....

    ResponderExcluir
  4. ELE FOI CONSIDERADO CULPADO!!!!! Apesar da pena branda estou de alma lavada!!!

    ResponderExcluir
  5. Que bom que acabou e foi feito justiça. Estava muito dificil acompanhar as noticias tendenciosas (como sempre). Acho que mais importante do que a prisao dele, é que ele perca a licença de médico.
    Fiquei aliviada, mas triste. Infelizmente isso não trará o Michael de volta.
    beijo,
    Sidnea

    ResponderExcluir

Comentários ofensivos ou feitos em tom de deboche desrespeitando Michael Jackson, seus familiares, seus fãs e leitores deste blog em geral, SERÃO APAGADOS. Comentários anônimos só serão aceitos se forem respeitosos e relevantes. Obrigada!